A Fundação Getulio Vargas atua há mais de 70 anos para estimular o desenvolvimento socioeconômico brasileiro, além de contribuir para a inserção do país no cenário internacional. A FGV tem uma longa tradição e experiência no desenvolvimento de projetos e pesquisas nas áreas de gestão pública, economia, direito e ciências sociais, com foco especial em inovação, tecnologia da informação, regulação, transparência e políticas públicas.

A FGV foi considerada o sexto melhor think tank do mundo, pelo Global Go To Think Tanks Rankings 2018, elaborado pelo Think Tanks and Civil Societies Program da Universidade da Pensilvânia. Também vem sendo eleita, desde 2016, como o think tank melhor administrado do mundo, e mantém-se por uma década como a primeira na América Latina.

Reconhecida em outras categorias, a FGV também conquistou o primeiro lugar na América Latina como melhor think tank em políticas sociais, sendo a quinta no ranking mundial. Além dessa conquista, a instituição figura entre as dez melhores: quarto melhor centro de estudos regionais; sexto em avanços em pesquisa e inovação, sétimo em pesquisa transdisciplinar e oitavo no que diz respeito à colaboração institucional com dois ou mais think tanks.

O projeto Big Data para Desenvolvimento Urbano Sustentável é desenvolvido por uma equipe multidisciplinar altamente qualificada, com grande experiência nos temas apresentados nesse trabalho.

Como Agência Executora, a FGV lidera o trabalho em cooperação com o BID e o Comitê Diretivo.

Agencia Executora

  • Pablo Cerdeira
    Pablo Cerdeira

    Coordenador do Centro de Desenvolvimento e Tecnologia da FGV e membro do Conselho do CESAR - Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife. Formado em Direito pela USP, criou o Supremo em Números na FGV DIREITO RIO, foi Subsecretário de Defesa do Consumidor do Rio de Janeiro. Criou o escritório de inteligência de dados da Prefeitura do Rio de Janeiro, o Big Data: PENSA - Sala de Ideias, e foi o Chief Data Officer da Prefeitura do Rio, chefiando o desenvolvimento de dezenas de projetos nas áreas de mobilidade, transportes, saúde, educação e desenvolvimento sustentável nos anos preparatórios para Copa do Mundo e Olimpíadas de 2016.

  • Marcus M. de Mendonça

    Coordenador do Projeto. Mestre em Administração pela Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV EBAPE). Pós-graduado em Marketing pela FGV/RJ. Formado em Processamento de Dados pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ). Como profissional, possui mais de 25 anos de experiência, e exerceu cargos de confiança em empresas multinacionais e nacionais. Possui grande experiência, entre outras, em gerenciamento de projetos, gestão de equipes multidisciplinares e parcerias internacionais, desenvolvimento e gerenciamento de negócios e produtos, gestão de marketing, internet e redes sociais, além de experiência em negociação internacional e organização de eventos.

  • Andressa R. Rodrigues

    Assessora de Coordenação. Possui MBA em Gerência de Projetos pela Fundação Getulio Vargas e MBA em Gestão Empresarial pela mesma instituição. Responsável pelo acompanhamento do projeto, organização dos encontros e pagamentos dos provedores mediante comprovação das entregas, além de apoio no monitoramento da qualidade dos serviços prestados por terceiros e na publicação final.

  • Urszula Lagowska
    Urszula Lagowska

    Urszula Lagowska é Pesquisadora de Pós-Doutorado da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EBAPE) no Rio de Janeiro.  Doutora e Mestre em Administração pela FGV/EBAPE e Mestre em Língua e Literatura Espanhola pela Universidade Jaguelônica em Cracovia. Seus interesses de pesquisa incluem formas pós-heróicas de liderança e trabalho de identidade nas organizações. Mais especificamente, seu trabalho examina os efeitos dos estilos de liderança no contexto da experiência de ameaça à identidade social, bem como os resultados diferenciais das estruturas e estilos de liderança sobre os resultados dos funcionários. Seu trabalho no projeto Big Data for Sustainable Development está relacionado ao mapeamento de projetos de big data nas cidades e à avaliação do impacto desses projetos na governança local.

Comitê Técnico

  • Jorge Poco

    Doutor em Ciência da Computação pela New York University (NYU). Mestre em Ciência da Computação pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo (USP). Professor associado da Escola de Matemática Aplicada (FGV-EMAp). Anteriormente, foi professor adjunto no Research and Innovation Center in Computer Science da Universidad Católica San Pablo (UCSP); pesquisador associado no UW Interactive Data Lab na University of Washington. Especialista em Big Data, visualização e ciência de dados. Vasta experiência em projetos de mobilidade urbana.

  • Ciro Biderman

    Professor do mestrado e doutorado em Administração Pública e Governo da Fundação Getulio Vargas e pesquisador coordenador do Centro de Estudos de Política e Economia do Setor Público (CEPESP/FGV). Pós-doutor em Economia Urbana pelo Department of Urban Studies and Planning (DUSP) do Massachusetts Institute of Technology (MIT) em 2007 e Doutor em Economia pela FGV em 2001. Seu interesse de estudo inclui economia regional e urbana focado em políticas públicas no nível subnacional com ênfase em transportes e uso do solo. Foi Diretor de Inovação da São Paulo Negócios (2016) e Chefe de Gabinete da SPTrans (2013-2015), ambos da Prefeitura de São Paulo.

  • Ivar A. Hartmann

    Doutor em Direito Público pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Mestre em Direito Público pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). LL.M pela Harvard Law School. Professor e Pesquisador da Escola de Direito do Rio de Janeiro, onde também é líder do Núcleo de Ciência de Dados Jurídicos.